Dermatologia

A Dermatologia é uma especialidade da Medicina que cuida das doenças que afetam a pele e seus anexos: cabelos, unhas e glândulas. Atua na parte clínica, cirúrgica e estética das enfermidades que afetam essas estruturas. Na área clínica, há várias doenças que podem ser tratadas e/ou diagnosticadas pelo dermatologista. As doenças ou condições mais comuns são:

 

1) Doenças infecciosas: micose superficiais e profundas, infecções bacterianas da pele, hanseníase, tuberculose cutânea, sífilis, herpes labial e zoster, escabiose e pediculose, entre outras;
2) Doenças inflamatórias, como as que afetam o sistema imunológico, lúpus eritematoso, dermatomiosite, pênfigo foliáceo (fogo selvagem) ou vulgar, psoríase e vitiligo;
3) Doenças alérgicas: dermatites atópica, de contato e irritativa;
4) Doenças tumorais ou pré-tumorais: ceratoses actínicas, cânceres de pele como carcinoma espinocelular, basocelular, melanoma;
5) Doenças do couro cabeludo e cabelos: dermatite seborréica, psoríase de couro cabeludo, calvícies masculina e feminina, alopecia areata, quedas de cabelos, pediculose;
6) Distúrbios pigmentares: melasma, sardas, manchas senis, vitiligo, hipercromias pós-inflamatórias;
7) Doenças das unhas: micoses, unhas frágeis, quebradiças, entre outras;
8) Alterações estéticas da pele: rugas, manchas, asperezas, atrofias e perdas de volume faciais, flacidez da pele, estrias, celulite, cicatrizes de acne.

 

Para ser dermatologista é necessária, inicialmente, a residência em clínica médica ou clínica geral. Em seguida, através de concurso, ingressa-se em serviços de residência em Dermatologia credenciados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Após o término da residência, que em geral dura de 2 a 3 anos, o médico deverá ter seus conhecimentos avaliados através do Exame de Título de Especialista em Dermatologia, proferido pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Obtendo-se a aprovação, poderá ser denominado especialista em Dermatologia.

 

 

Fonte – (http://www.sbd.org.br/)