DERMATOLOGIA

Eletroderme ou Radiofrequência com  Multiagulhas

O Eletroderme é um sistema de radiofrequência microagulhadano qual  microagulhas agulhas ultrapassam a epiderme, emitindo ondas eletromagnéticas apenas nas camadas mais profundas da pele, preservando a superfície e aquecendo a derme a 70ºC, estimulando a produção de colágeno

Isso leva a estímulo da regeneração celular por meio do processo de cicatrização, a proliferação de células-tronco e estímulo da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanquíneos).

A técnica pode ter ação até a derme média e, por possuir radiofrequência, realiza pontos de coagulação de efeito térmico sem nenhuma interação com a epiderme”, acrescenta. O equipamento pode ser ajustado para atingir temperaturas de 55ºC a 100ºC.

Durante o procedimento, o paciente pode sentir leve aquecimento no local. Para que os resultados sejam satisfatórios, são necessárias, em média, quatro sessões com intervalos mensais, dependendo da resposta de cada paciente, O pós-procedimento é tranquilo, a recuperação é muito rápida, bem como o retorno do paciente às atividades.

A região, em alguns casos, pode ficar eritematosa e edemaciada. Em 30 dias já é possível ver os primeiros resultados. Os finais aparecem após quatro meses

Indicações:

Estrias

Melasma

Hiperidrose

Cicatrizes de Acne

Melhora do aspecto da pele

 


VEJA TAMBÉM