CIRURGIA PLÁSTICA

Os efeitos do tempo, do excesso de peso, da gravidade e da perda do tono cutâneo podem levar a uma aparência desagradável e a um desconforto ao paciente em relação à face interna das coxas. Em alguns pacientes, existe, além do excesso cutâneo, um excesso de gordura. Nestes casos, a lipoaspiração está indicada como método para tratamento isolado ou associado à suspensão das coxas.

10

 

A cirurgia de suspensão de coxas é realizada através da ressecção do excesso de pele e seu reposicionamento. Geralmente suas cicatrizes localizam-se na raiz da coxa e, eventualmente, em função de cada caso, na face interna da coxa em sentido vertical. Sua extensão dependerá de cada caso. Ao término da cirurgia, realiza-se um curativo e coloca-se uma malha compressiva local. Geralmente, o paciente poderá retornar para sua residência no dia seguinte à cirurgia e deve retornar à clínica conforme solicitado pelo cirurgião para troca de curativos. O repouso deverá ser relativo, não podendo realizar atividades físicas com os braços por um período que irá variar com o tipo de cirurgia de 2 a 6 semanas.

Fonte – (www.cirurgiaplastica.org.br)


VEJA TAMBÉM